Relatórios de Monitoramento do Grupo OAS

January 16, 2018

Na qualidade de Agente de Monitoramento, conforme definido na cláusula 8ª do Plano de Recuperação Judicial do Grupo OAS, a FTI Consulting apresenta seus Relatórios de Monitoramento direcionados aos credores listados no Plano de Recuperação Judicial1. Os documentos estão disponíveis no website da OAS, em conjunto às instruções para obtenção de acesso aos Relatórios para usuários não cadastrados do website de relacionações com investidores (“RI”) da OAS. Para usuários cadastrados no RI, o Relatório está disponível através deste canal.


Aviso Legal:
1) As informações contidas neste relatório inicial foram preparadas com base em informações financeiras e operacionais, obtidas pela FTI Consultoria Ltda. da OAS, de suas subsidiárias em recuperação judicial, englobando também as demais empresas do grupo. O Grupo OAS declarou à FTI que não tem conhecimento de nenhum fato que torna a informação proporcionada a FTI por eles incompletas ou enganosas.

Este relatório, datado de 18 de maio de 2016, é direcionado aos Credores listados no PRJ, conforme definido em Plano de recuperação Judicial homologado em 27 de janeiro de 2016. O Relatório não altera e/ou substitui quaisquer definições e cláusulas do PRJ, que deve ser lido em conjunto deste Relatório para a devida interpretação dos tópicos abordados.

Os destinatários deste relatório concordam, com o recebimento deste relatório, não copiar ou divulgar qualquer conteúdo para terceiros sem o expresso consentimento da OAS e da FTI.

As observações da FTI apresentadas neste relatório resultam de uma análise baseada nas informações providas pela OAS. O escopo da FTI não incluiu uma auditoria, avaliação, testes, compilação ou revisão de qualquer tipo de quaisquer demonstrações financeiras ou seus componentes e/ou dos controles internos da OAS. Caso o escopo da FTI abrangesse estes procedimentos, poderíamos ter obtido diferentes conclusões. A administração da OAS é responsável por toda e qualquer informação financeira que foi fornecida à FTI. Ademais, o trabalho desenvolvido pela FTI, não inclui a revisão detalhada de transações, portanto, não é possível identificar irregularidades ou atos ilegais, incluindo fraudes.

Como é de conhecimento público, há ações e investigações envolvendo tanto a OAS quanto seus sócios e gestores, como por exemplo, a “Operação Lava-Jato”. Os potenciais efeitos, desdobramentos, consequências, contingências e/ou penalidades resultantes desta e de qualquer outra investigação e/ou ações não fazem parte do escopo definido para o Agente de Monitoramento, portanto, a FTI não expressa nenhuma opinião sobre esta questão, assim como não inclui ou aborda as posições da Administração da OAS (“Administração”) quanto ao tema.

Assim, a FTI não pode e não expressa qualquer opinião ou qualquer outra forma de garantia sobre as informações financeiras ou controles internos da Empresa e não assume qualquer responsabilidade pela precisão ou correção dos dados financeiros, projeções e informações históricas.

More Info

Compartilhar esta página